A saída não está no endividamento, diz economista

Fonte: 
O Estado de S. Paulo
Data de publicação: 
08/10/12

O último trimestre do ano inicia com sinais de recuperação da economia, principalmente no que se refere às expectativas do consumidor e da indústria. Leia-se oferta de crédito às pessoas físicas e jurídicas, bem como elevação na capacidade industrial. Entretanto, os investimentos, cujas taxas representariam indicadores efetivos e consistentes para vivenciarmos a retomada de um novo ciclo, apresentam poucos sinais de melhora. As importações de bens de capital de julho e agosto caíram 3,5%, quando comparadas com o mesmo período do ano passado. O mesmo ocorre com a produção de bens de capital, que em julho estava 12% menor que em julho de 2011. Os insumos típicos da construção civil em julho também estavam 0,5% menores que em 2012.

AnexoTamanho
CNTU - A saída não está no endividamento, diz economista.jpeg250.38 KB